Ministro da Saúde aprova credenciamento da unidade AVC na Santa Casa de Montes Claros


Imagem: Divulgação


O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, atendendo a convite do deputado estadual Gil Pereira (PP), esteve na tarde hoje (30/06), na Santa Casa de Montes Claros. A visita, que foi prestigiada por várias autoridades e lideranças regionais, prefeitos, vereadores e deputados, foi marcada pelo anúncio de benefícios à Santa Casa. “O Ministro Ricardo Barros ficou sensibilizado com o situação e importância da Santa Casa de Montes Claros para todo o Norte de Minas e sudoeste da Bahia. Ele atendeu todos os nossos pleitos, que foram o credenciamento da Unidade AVC e a doação de mais um tomógrafo para a instituição”, explica o Superintendente da Santa Casa, Maurício Sérgio Sousa e Silva.

De acordo com o Ministro Ricardo Barros, o custeio anual da Unidade AVC na Santa Casa será de R$ 3 milhões de reais (três milhões de reais). “Assim que o processo de tramitação da documentação para credenciamento da Unidade estiver concluso, teremos em funcionamento uma ala que conta com 20 leitos, toda equipada e estruturada para receber os pacientes”, afirmou Maurício Sérgio.

Além disso, o Ministro anunciou a doação de mais um tomógrafo à instituição. Em 2016, a Santa Casa de Montes Claros realizou 24.076 (vinte e quatro mil e setenta e seis) tomografias. Outra novidade que beneficiará a população, é a doação de mais dois equipamentos de ultrassom, um doado pelo deputado estadual Carlos Pimenta (PDT) e o outro pelo deputado Marcelo Álvaro Antônio (PR). “Ficamos muito felizes com a sensibilização dos deputados. Somente no ano passado realizamos aproximadamente 14.000 (catorze mil) exames de ultrassom”, complementou o Superintendente.

Na oportunidade, o Provedor Heli de Oliveira Penido, ressaltou a importância do maior hospital do Norte de Minas. “Atendemos a uma população de mais de dois milhões de habitantes e mesmo com todas as dificuldades e limitações, estamos cumprindo nosso papel em prestar o melhor atendimento possível a todos que nos procuram”, disse.

Unidade de AVC Santa Teresa de Calcutá

Inaugurada em abril, a Unidade Estrutural de AVC Santa Teresa de Calcutá, foi viabilizada através de parceria entre a Instituição, Rotary Internacional e o Samu Macro Norte. A iniciativa, que é pioneira em rede de atendimento de vítimas de AVC no Estado, deve abranger os 86 municípios da região Norte de Minas.

Com financiamento da Fundação Rotária Internacional, o projeto teve um investimento de US$ 300 mil, sendo US$ 228 mil destinados à compra de equipamentos, entre eles respiradores eletrônicos, ultrassom ecodoppler transcraniano, Cardioversor e Eletrocardiógrafo. O restante do montante, US$ 72 mil, foi destinado para treinamento de pessoal através de capacitação dos servidores do Samu Macro Norte. Aproximadamente, cinco mil pessoas em 12 cidades da região foram beneficiadas com o treinamento.

Acidente Vascular Cerebral - AVC

O acidente vascular cerebral (AVC) é apontado como uma das principais causas de mortes no país. De acordo com a Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares, a cada ano, 17 milhões de pessoas tem um AVC no mundo, 6,5 milhões morrem e 26 milhões vivem com incapacidade permanente. O atendimento especializado em Unidade de AVC aumenta a chance de boa recuperação em 14%.

Ana Paula Paixão - Jornalista/Assessora de Imprensa Santa Casa Montes Claros