Deputado Celinho defende implantação do SAMU Regional pelo CISVALES

Celinho argumentou que o Consórcio do Vale do Aço está estruturado para gerir o SAMU


O deputado Celinho do Sinttrocel (PCdoB) defendeu ontem (29/08) em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa a implantação do SAMU Regional pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Vales, o CISVALES.

Segundo o deputado, se existe a intenção do Governo de Minas de unificar o consórcio do Vale do Aço e o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência E Emergência do Leste de Minas, o CONSURGE, sediado em Governador Valadares, para implantação do serviço de urgência e emergência na região Leste, ele defende que a administração do serviço fique à cargo do CISVALES com sede em Ipatinga.

Celinho argumentou que o Consórcio do Vale do Aço está estruturado para gerir o SAMU garantido atendimento a todos os 35 municípios que integram o Colar Metropolitano do Vale do Aço e também para administrar o serviço nos outros 50 municípios que integram o CONSURGE. “A região do Vale do Aço tem um complexo siderúrgico formado por diversas empresas de grande porte, a região é a segunda metropolitana do Estado e soma quase um milhão de habitantes. Estamos aptos a assumir a administração desse serviço tão importante para a melhoria do sistema de saúde na região”, enfatizou o deputado.

Ele afirmou que já conversou com o Secretário de Saúde, Sávio Souza Cruz e até mesmo com o Governador Fernando Pimentel sobre a questão, defendendo os interesses de todo o leste de Minas na demanda pela implantação do SAMU. “Queremos sensibilizar ao Governo de Minas para que prestigie a região do Vale do Aço, destinando para o CISVALES a administração do SAMU Regional leste. O nosso Vale do Aço merece essa atenção”, finalizou.