Morre quarta vítima da explosão na Gerdau em Ouro Branco

Levindo Costa de Carvalho Neto de 60 anos estava em estado grave no Hospital Felício Rocho em Belo Horizonte, desde a data do acidente, dia 15 de agosto

Morreu, na tarde deste domingo (10), a quarta vítima da explosão da coqueria da Gerdau, em Ouro Branco, na região Central de Minas Gerais. O acidente aconteceu no dia 15 de agosto e dois funcionários morreram na hora e dez ficaram feridos. Dois que tiveram ferimentos graves, faleceram em hospitais.


Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Ouro Branco, Raimundo Nonato Roque de Carvalho, a vítima que faleceu ontem era Levindo Costa de Carvalho Neto, 60, que estava internado no Hospital Felício Rocho em Belo Horizonte, desde a data do acidente. "Ele era um dos mais feridos, com o estado mais grave. Fui comunicado pela família que ele havia piorado nesta semana", disse.

Em nota, a Gerdau confirmou a morte do funcionário e disse que a empresa "segue prestando todo apoio à família da vítima". Segundo a empresa, no momento, há três feridos internados em hospitais de Belo Horizonte com quadro estável. Uma vítima que ainda não teve a identidade revelada teve alta na tarde deste domingo. Ele estava internado desde o dia 15 de agosto no hospital Materdei. Neto era casado e deixa 3 filhos.

Fernando Alves Peixoto, de 40 anos, Cristiano Rodrigo Marcelino, de 35 e Sandro Barbosa Gomes de 40, também morreram devido ao acidente.

Fonte: Portal OTempo